Saiu o Edital TRF 2019

 

EDITAL TRF 2019 autorizado para nível médio e superior com salários de até R$13.345,38
Saulo Moreira Saulo Moreira

Publicidade

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com jurisdição no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso TRF 4ª Região 2019). O Conselho de Administração do órgão aprovou nesta quinta-feira, 25 de abril, o processo de autorização do certame. A decisão foi tomada de forma unânime. Segundo informações da assessoria de imprensa, o edital será publicado até junho.

O edital de concurso do TRF-4 será divulgado para cargos na área de apoio, com chances para técnicos e analistas, de níveis médio, médio/técnico e superior. O salário do analista chega a R$12.455,30, valor composto por  vencimento inicial e gratificação de atividade judiciária. Para técnico, a remuneração será de R$7.591,37.

Publicidade

Além disso, os servidores contam com auxílio-alimentação no valor de R$910,08. Com isso, os salários iniciais ficam no valor de R$8.501,45 para Técnico e R$13.345,38 para Analista.

Agora, o próximo passo será definir uma banca organizadora do concurso.

Processo de autorização do concurso TRF 4
00002 – Processo: 0013907-56.2017.4.04.8000 – Concurso Público

O Colegiado Conselho de Administração, por unanimidade, decidiu aprovar a realização do certame, nos termos do voto do relator Desembargador Federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz (presidente). Presentes: Desembargador Federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, Desembargadora Federal Maria de Fátima Freitas Labarrère, Desembargador Federal Ricardo Teixeira do DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA FEDERAL DA 4ª REGIÃO 1 / 17 Valle Pereira e Desembargador Federal Leandro Paulsen.

Comissão formada
A portaria com os nomes dos membros foi publicada no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região do dia 05 de abril. De acordo com o documento (veja abaixo), o grupo de trabalho será composto por Jaqueline Paiva Nunes Goron, Luiz Fernando Klei, Marceli Ludwig Boeira, Adriana Maria Ramos Tomasi Sant’anna, José Carlos Pinto Oliveira, Ricardo Giacomelli, Cibele Vargas Machado Moro e Fabiana Zanchett.



O concurso do TRF-4 2019
O órgão iniciou os estudos para abertura de um novo edital de concurso ainda em fevereiro, tendo em vista o término da vigência do último concurso realizado em 2014. A convocação de novos servidores para o órgão é de extrema importância, uma vez que atualmente o TRF-4 e suas Seções Judiciárias (PR, SC e RS) possuem um total de 225 cargos vagos. As vacâncias são de ensino médio (Técnico) e superior (Analista). Veja:

Tribunal Regional Federal da 4ª Região

Técnico: 40 cargos vagos

Analista: 08 cargos vagos

Seção Judiciária do Rio Grande do Sul – RS

Técnico: 42 cargos vagos

Analista: 43 cargos vagos

Seção Judiciária de Santa Catarina – SC

Técnico: 26 cargos vagos

Analista: 11 cargos vagos

Seção Judiciária do Paraná – PR

Técnico: 26 cargos vagos

Analista: 29 cargos vagos

Último concurso do TRF-4 foi divulgado em 2014
O último concurso realizado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região foi divulgado em 2014, quando contou com vagas em cadastro reserva para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. Na ocasião, a Fundação Carlos Chagas (FCC) organizou o certame, que contou com provas sendo aplicadas nas seguintes localidades:

Rio Grande do Sul: Canoas, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo e Uruguaiana;

Santa Catarina: Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages;

Paraná: Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina e Umuarama.

Cargos e Provas
Para Analista, com requisito de ensino superior, foram divulgadas vagas para as especialidades de Área Judiciária, Área Judiciária – Oficial de Justiça Avaliador Federal e na área de Apoio Especializado – Informática. O salário inicial foi de R$ 8.178,06.

Para Técnico, com exigência de nível médio, foram ofertadas vagas para as áreas Administrativa, Administrativa – Segurança e Transporte, Apoio Especializado – Contabilidade e Apoio Especializado -Tecnologia da Informação. A remuneração inicial era de R$ 5.007,82.

Conforme quadro abaixo, ambas as provas eram objetivas e divididas em conhecimentos gerais (20 questões e peso 1) e conhecimentos específico (30 questões e peso 2). Os candidatos também foram submetidos à uma prova escrita, onde teriam que dissertar sobre estudos de caso. Apenas para o cargo de Técnico Judiciário da Área Administrativa foi aplicada uma redação.


Sobre os cargos do concurso
Analista Judiciário – Área Judiciária

Requisitos: Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em Direito, fornecido por instituição de nível superior, reconhecido pelo MEC – Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador Federal

Requisitos: Diploma ou Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em Direito, fornecido por instituição de nível superior, reconhecido pelo MEC – Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Apoio Especializado – Informática

Requisitos: Diploma ou Certificado devidamente registrado, de conclusão de curso superior completo, em qualquer área de formação, fornecido por instituição de nível superior, reconhecido pelo MEC – Ministério da Educação, acompanhado de curso de especialização com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas na área de Análise de Sistemas, ou qualquer curso superior de Informática, devidamente reconhecido.

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: Comprovante de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente para tal.

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Segurança e Transporte

Requisitos: Comprovante de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente para tal e carteira nacional de habilitação, no mínimo, categoria “D”.

Técnico Judiciário – Apoio Especializado – Contabilidade

Requisitos: Comprovante de conclusão de curso de Ensino Médio ou equivalente e Curso Técnico de Contabilidade, devidamente reconhecidos por órgão competente para tal, e registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Técnico Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia da Informação

Requisitos: Comprovante de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, devidamente reconhecido por Órgão competente para tal.

Lotação das vagas aconteceu em diversas cidades
Seção Judiciária do Rio Grande do Sul: Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Lajeado, Bagé, Pelotas, Rio Grande, Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa, Gravataí, Novo Hamburgo, Bento Gonçalves e Caxias do Sul, Carazinho, Erechim, Passo Fundo, Cruz Alta, Palmeira das Missões, Santa Rosa e Santo Ângelo.

Seção Judiciária de Santa Catarina: Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Blumenau, Brusque, Itajaí, Florianópolis, Criciúma, Laguna, Tubarão, Caçador, Joaçaba, Lages, Rio do Sul, Chapecó, Concórdia e São Miguel do Oeste.

Seção Judiciária do Paraná: Curitiba e Paranaguá, Guarapuava, Ponta Grossa, União da Vitória, Apucarana, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guaíra, Pato Branco e Toledo, Campo Mourão, Paranavaí e Umuarama.

Informações do concurso

Concurso: Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Banca organizadora: a definir
Escolaridade: médio e superior
Número de vagas: a definir
Remuneração: a definir
Inscrições: a definir
Taxa de Inscrição: a definir
Provas: a definir

Link do último edital-> https://drive.google.com/open?id=1ys-unBeIwZjRjalEuQxiIQiePmv5R7hG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *